quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Chico Mendes e "Eles"

-->

Coluna Almanacre
por Elson Martins


Chico Mendes e “Eles” 



Filhos de seringueiros, meninos que crescem no centro da floresta (foto de Elson Martins)



Na relação que estabelecemos a partir de dezembro de 1975, mês e ano de criação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Brasiléia, e que se prolongou até seu assassinato em dezembro de 1988, estavam presentes, sempre, o jornalista e o líder seringueiro. Mas criou-se entre nós algo transcendente, um traço que nos unia ao seringal, à floresta e aos seus moradores tradicionais. Isto nos fez aliados contra os que não reconheciam nem respeitavam nosso ignorado, mas adorável mundo.

Chico completaria 75 anos de idade em dezembro de 2019. Sou mais velho cinco anos, e carrego a culpa histórica de ser filho de seringalista. Ou seja, de ter sido um menino da “Margem”, sede do seringal, contraposto ao menino seringueiro do “Centro”, ou da Colocação. Como filho de seringueiro, Chico nasceu e se tornou adulto produzindo borracha, caçando, desvendando segredos da floresta.
Entre nós dois, ou entre a margem e o centro, tem uma longa história a ser contada com menos preconceito. Em algumas ocasiões, nós dois conversamos sobre o assunto. Falei a ele de algumas caras lembranças do meu tempo de criança, quando via os filhos dos seringueiros que irrompiam da mata e chegavam ao nosso barracão, onde tomavam café, almoçavam e jantavam durante alguns dias.

Eu os invejava, porque não sabia empunhar uma espingarda nem matar um nhambu que fosse, no acero da mata. Enquanto eles me pareciam heróis misteriosos, protagonistas de histórias inimagináveis para um menino da margem. Até os sapatos de seringa que usavam, e a calça de mescla “encaronchada” pelo látex e rasgada na altura da canela compunham indumentária de sonho.

Essas memórias, explicava, se ampliavam à medida que eu, como correspondente em Rio Branco de O Estado de S.Paulo”, jornal nacional influente, a partir de 1975, começava inteirar-me das ameaças que os fazendeiros recém chegados do Sul impunham às indefesas famílias da floresta. Cada vez mais eu me sentia parte delas, sofrido e indignado.

Ao acompanhar as reuniões da Contag (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura) para criação de oito sindicatos de trabalhadores rurais no Estado, conheci mais e mais seringueiros ameaçados. Fotografei o medo e a fragilidade que estampavam no corpo imóvel, perplexo, ao mesmo tempo em que identificava as ameaças, odiando os agressores. Felizmente, a perplexidade virou resistência vencedora.

Os agressores ocupavam o melhor hotel de Rio Branco, monopolizavam os restaurantes, inundavam as ruas com sua arrogância. Era difícil ser isento no meio disso, vendo como as elites locais aplaudiam a “eles”, defendendo um progresso a qualquer preço contra ”nós”. Pensei e agi: meu trabalho jornalístico não valeria nada se não estivesse voltado à causa acreana.
E Chico Mendes, por duas décadas, foi meu comandante em chefe nas redações onde me encontrava. A palavra dele vinha em forma de denúncia, era ordem de ataque. A verdade testemunhada e a defesa apaixonada que fazia de seu povo considerado inculto pelos urbanos, seu ânimo e coragem naturais me convenceram. O seringal está em mim, pensei, agora parto da margem para o centro. Quero crescer e brilhar junto com esses meninos de calça encharcada, de capanga de seringa ao ombro, de tino e tiro certeiros.

Para mim, Chico Mendes é um símbolo forte da tradição extrativista contra a vaidade e arrogância do mundo desenvolvido. Ele nos ensinou enxergar o ponto de convergência dos diferentes saberes humanos. Deixou como legado aos companheiros, ecoando no mundo, a cultura da floresta composta de intuição, mito, valentia, destreza, afeto, natureza e sonho.

Na condição de filho trágico e abençoado, da mata, aprendeu a caminhar entre cipoais, gemidos e escuridão na direção de uma vida singela, comum, e desejável. O futuro da Amazônia não pode prescindir dele como exemplo.






8 comentários:

  1. After visiting office.com/setup login to microsoft account to take steps sticking together of covenant of office setup, Any complexity in office.com/setup our accomplished will calm for office install.
    http://officecomoffiice.com

    ResponderExcluir
  2. Get all Steps for installation and download, activate MS office setup. Enter your Office product key on office.com/setup.
    http://office-comofficecom.com

    ResponderExcluir
  3. norton.com/setup to install setup product key, Learn how to download, install, and put into outfill Norton Setup concerning speaking the subject of your Windows and Mac device.
    http://norton-comnortonnorton.com

    ResponderExcluir
  4. Wonderful blog! I found it while browsing on Yahoo News

    Regards= office.com/setup

    ResponderExcluir
  5. Quickbooks is one of the best accounting software , although due its complexity sometime you may errors, at that point you need to contact Quickbooks support phone number

    ResponderExcluir
  6. I am amazed by the way you have explained things in this article. This article is quite interesting and I am looking forward to reading more of your posts.
    Thanks for sharing this article with us.

    www-norton.com/setup

    ResponderExcluir
  7. Download, Install or activate the Latest Office setup & Norton setup Protection. For more data about setup method check the my Products.


    Press on the official site of ...
    norton.com/setup | office.com/setup | norton.com/setup

    ResponderExcluir

Os comentários não serão moderados, garantimos a liberdade de discordâncias, porém esperamos bom senso dos leitores e repudiamos xingamentos de qualquer espécie nas discussões sobre o conteúdo do blog ou comentários postados.